block

O Agito Brasil está presente em 32 cidades no Brasil. Confira!

Confira dicas para combater a flacidez da pele e dos músculos - Agito Bragança

Login
Entrar com sua conta no Agito
  1.  
  2.  
ou recuperar senha

Por que logar? Logado você pode participar de promoções, fazer comentários, compartilhar, recomendar, participar do Agito Live e muito mais.

Não é cadastrado? Cadastre-se!

Login

Para vincular sua conta da rede social você precisar ter o cadastro no Agito!

Mostrar a minha foto do perfil da rede social?
  1. Receber boletins me informando sobre os principais eventos da região.

Confira dicas para combater a flacidez da pele e dos músculos

Não há uma idade especificamente correta para começar a se pensar em conquistar uma boa forma para a velhice

05 de Agosto de 2011

Taste

É incrível. O corpo da gente passa por uma infância em crescimento, adolescência em desenvolvimento e, ao chegar na idade adulta, tudo muda. Como dizem, é "ladeira abaixo" para músculos e para a pele. Mas essa flacidez toda pode ser combatida, principalmente com exercícios físicos. "Os exercícios físicos melhoram o funcionamento do organismo, ajudam a pessoa a manter um peso ideal, melhoram a auto-estima e ocupam a mente", diz Viviecananda Costa, professora da Contours Express.

Não há uma idade especificamente correta para começar a se pensar em conquistar uma boa forma para a velhice. "O ideal é que se comece o quanto antes, até mesmo na adolescência, para acostumar o corpo com atividades de força e resistência física. Agora, em se tratando de uma base científica, comprovadamente o corpo começa a apresentar sinais de envelhecimento já aos 25 anos", explica a professora.

Então, para combater a flacidez dos músculos e não chegar aos 60 anos sem conseguir carregar a compra do supermercado, a melhor opção são os exercícios de força e musculação. Segundo Viviecananda, exercícios que envolvem o trabalho contínuo do músculo, aliado ao treino aeróbio para ajudar a manter o peso, são tiro e queda nesse sentido.

"Se a pessoa pensa na velhice, ela deve ter uma palavra na cabeça: disciplina. Com isso, ela cria a consciência da importância de malhar e de praticar exercícios físicos. O ideal mesmo é que ela frequente uma academia, para ter a supervisão de um profissional e acesso a equipamentos de boa qualidade", conta a professora, que ainda completa: "O músculo enrijecido e trabalhado continuamente e frequentemente não fica flácido. Isso é fato".

Além disso, deve-se lembrar da importância de se fazer caminhada, corrida, bicicleta, natação, futebol, vôlei ou qualquer outra atividade que lhe dê prazer e ajude a trabalhar sua resistência. "Também não se pode deixar de falar do alongamento. Ele sim é um grande amigo do nosso futuro. É importante que as pessoas se alonguem todo o dia, trabalhando sempre a capacidade e a elasticidade do corpo e dos músculos", lembra Viviecananda.

"Resumindo, o maior preventivo para evitar a flacidez dos músculos é manter um peso ideal, fazer exercícios físicos no mínimo por 30 minutos por dia e ao menos quatro vezes, alongar-se sempre que possível, principalmente após grandes períodos de sedentarismo e, por fim, manter uma dieta balanceada, se possível sob a orientação de um endocrinologista ou um nutricionista", adverte a professora da Contours Express.

Mas será que os exercícios físicos por si só também combatem a flacidez da nossa pele? Segundo a dermatologista Patrícia Rittes, a resposta pode ser um grandioso (e inacreditável) sim!

De acordo com Patrícia Rittes, músculos enrijecidos já garantem uma pele mais firme e, portanto, menos flácida. "Na realidade, a pele acompanha o músculo. Ou seja, se o seu músculo está flácido, sua pele vai ficar mais mole e vai ser puxada para baixo, conforme a ação da gravidade", explica a dermatologista.

Para brecar esse efeito, então, uma combinação de levantar a pele (e a auto-estima) de cada um: "exercícios físicos, pele nutrida e hidratada, massagem para drenar os líquidos e muita disciplina na hora de passar cremes", sugere Patrícia Rittes.

Segundo a dermatologista, ter uma pele nutrida e bastante hidratada é realmente muito importante. "Isso não vai garantir que a pele não fique flácida, mas vai ajudar a fazer com que a pele fique mais bonita, com as vitaminas que ela precisa e sem o perigo de ficar com estrias", afirma Patrícia.

"Hoje em dia já existem ótimas linhas hidratantes inclusive para grávidas. Linhas a base de óleo de amêndoas, óleos essenciais, uréia e ceramidas, normalmente são as mais eficazes", completa a especialista, que ressalta: "Mas isso só vai mesmo ajudar a pele a ficar mais bonita se houver uma disciplina por parte da mulher. O creme deve ser passado sempre após o banho, ou seja, mesmo que a pessoa tome cinco banhos em um dia, é interessante que ela passe cremes após todos eles".

Sobre a questão da massagem e da drenagem linfática, Patrícia afirma que elas são eficazes para quem tem problemas com inchaço e acúmulo de líquidos. "Elas podem ser grandes aliadas no combate a celulite, por exemplo, mas não combatem, sozinhas, a flacidez da pele e nem a dos músculos".

Com a pele do rosto, tudo fica mais complicado. É uma pele mais fina, mais sensível e, portanto, mais sujeita à flacidez e ao aparecimento de rugas. "Sou muito cética em relação à questão da massagem facial. Isso só funciona mesmo se for feito várias vezes e todo o dia. A mulher precisa ter consciência disso. Não basta só fazer um movimento para as maçãs do rosto e, de repente, voltar a fazê-lo só após dois ou três dias", diz Patrícia, que finaliza: "O melhor mesmo é procurar a orientação de um dermatologista de confiança. Cada pele tem uma necessidade e um tempo de envelhecimento específicos".

Comentários
 Não Existem Mensagens

Deixe um Comentário

Para enviar uma mensagem, você precisa estar cadastrado

Faça o . Ainda não é membro? Cadastre-se

As mensagens serão liberadas em alguns instantes, após revisão de nossos editores.

_