block

O Agito Brasil está presente em 32 cidades no Brasil. Confira!

Aposte na hidratação para manter a pele bonita e saudável durante o inverno - Agito Bragança

Login
Entrar com sua conta no Agito
  1.  
  2.  
ou recuperar senha

Por que logar? Logado você pode participar de promoções, fazer comentários, compartilhar, recomendar, participar do Agito Live e muito mais.

Não é cadastrado? Cadastre-se!

Login

Para vincular sua conta da rede social você precisar ter o cadastro no Agito!

Mostrar a minha foto do perfil da rede social?
  1. Receber boletins me informando sobre os principais eventos da região.

Aposte na hidratação para manter a pele bonita e saudável durante o inverno

Uso de cremes hidratantes e a ingestão de líquidos são dicas preciosas

15 de Julho de 2011

Thaisa Figueiredo
Agito Brasil


Assim como no verão, a pele exige muitos cuidados no inverno para se manter bonita e saudável durante toda a estação. Isso porque nesta época do ano a pele tende a sofrer com o ressecamento causado pelas baixas temperaturas, pelo vento frio, baixa umidade do ar e pelo hábito dos banhos com água mais quente. Tudo isso ajuda a prejudicar a pele nesta época do ano.

Segundo a dermatologista Tatiana Bicalho Chevrand, é importante ter alguns cuidados extras com a pele no inverno, pois existem algumas doenças dermatológicas que tendem a se manifestar com mais frequência no frio como, por exemplo, a dermatite atópica, a xerodermia (pele seca), algumas dermatites de contato e a rosácea.

A melhor forma de manter a pele saudável no inverno é investir na hidratação. “Tanto a hidratação tópica (com uso de cremes hidratantes) quanto oral (ingestão de líquidos, que tendemos a diminuir nos meses mais frios), são essenciais para a saúde da pele. Além disso, é preciso dar atenção à temperatura da água do banho e evitar ventos muito frios”, explica a médica.

Pode ou não pode

Geralmente, os cremes usados no verão são recomendados com menor frequência nesta estação. “Devido ao clima mais seco, alguns pacientes diminuem o uso de ácidos por causa do ressecamento que eles podem causar na pele que fica mais sensível nos meses do inverno. Assim, diminuímos o uso de ácidos, intercalando com hidratantes.”

Procedimentos como a esfoliação da pele podem continuar sendo feitos no inverno, mas desde que necessários. “Em peles muito oleosas, por exemplo, o uso de esfoliantes pode ser mantido, mas com muita cautela para que a camada de proteção da pele não seja retirada. Da forma errada, a esfoliação pode desencadear um processo alérgico”, explica a médica. A esfoliação garante que a absorção do hidratante usado em seguida seja mais eficiente, porque elimina as células antigas.

No entanto, os procedimentos como o peeling podem continuar a ser feitos no inverno. “Como a pele fica menos exposta à luz solar no inverno, o paciente consegue obter melhores resultados fazendo peelings e outros tratamentos clareadores nesta época do ano. Por isso eles continuam sendo recomendados”, afirma Tatiana.

Proteção


Outra dica importante levantada pela especialista é o uso do filtro solar, imprescindível, faça chuva ou faça sol. “Sempre devemos usar filtro solar, pois, quando temos luz do dia, temos radiação e estamos sujeitos ao câncer de pele, às manchas e ao fotoenvelhecimento. É preciso lembrar que mesmo nos dias nublados ainda há 70% de radiação solar atravessando as nuvens claras.”

Para cada tipo de pele existem substâncias específicas que devem estar presentes na formulação dos cremes hidratantes, mas é preciso que a pessoa passe por uma avaliação médica antes de comprar algum dermocosmético. “Existem várias substâncias que têm comprovação científica eficazes contra o envelhecimento, como os antioxidantes. Devemos, antes de prescrever um determinado tratamento, avaliar a pele do paciente, pois alguns hidratantes usados de forma inadequada podem levar a quadros de acne ou de alergias.”

Novidades

Novas tecnologias usadas em dermocosméticos e em tratamentos para hidratar a pele já estão em pesquisa. “Atualmente existem vários estudos em andamento para o desenvolvimento de novas fórmulas dermocosméticas e já existe no mercado um tratamento antienvelhecimento baseado na bioeletricidade”, diz Tatiana. A bioeletricidade é um agente estimulador da produção de colágeno e elastina. Esses produtos são capazes de gerar uma corrente elétrica imperceptível, que consegue chegar às camadas mais profundas da pele. Com isso, há uma diminuição das rugas e da flacidez da pele do rosto.

Dicas

A dermatologista ainda lista algumas dicas a serem seguidas à risca para deixar a pele bem hidratada e para evitar problemas. “Primeiramente, é preciso ter alguns cuidados com o banho. A temperatura da água deve estar mais morna e nunca quente demais. Os sabonetes podem ser mais suaves. Uma boa opção é adotar as fórmulas líquidas, as versões infantis e os produtos com hidratantes. Evite esfregar a pele ao secá-la após o banho. O ideal é fazer movimentos suaves. Por fim, a aplicação de um bom hidratante é crucial nos primeiros três minutos após o banho para que haja melhor absorção. Lembre-se: o produto deve ser recomendado pelo seu dermatologista.”

Comentários
 Não Existem Mensagens

Deixe um Comentário

Para enviar uma mensagem, você precisa estar cadastrado

Faça o . Ainda não é membro? Cadastre-se

As mensagens serão liberadas em alguns instantes, após revisão de nossos editores.

_