block

O Agito Brasil está presente em 44 cidades no Brasil. Confira!

Alimentos ricos em proteínas: conheça 10 deles e saiba como usá-los na sua dieta - Agito Bragança

Login
Entrar com sua conta no Agito
  1.  
  2.  
ou recuperar senha

Por que logar? Logado você pode participar de promoções, fazer comentários, compartilhar, recomendar, participar do Agito Live e muito mais.

Não é cadastrado? Cadastre-se!

Login

Para vincular sua conta da rede social você precisar ter o cadastro no Agito!

Mostrar a minha foto do perfil da rede social?
  1. Receber boletins me informando sobre os principais eventos da região.

Alimentos ricos em proteínas: conheça 10 deles e saiba como usá-los na sua dieta

Por Jacyara Pianes


Tudo bem que a proteína é o item principal de dietas que prometem grande perda de peso em pouco tempo, mas não se esqueça de que ela é muito mais do que um meio para se chegar ao emagrecimento. Composta por cadeias de aminoácidos, a proteína é importantíssima para uma vida saudável, sendo capaz de, entre outras coisas, influenciar a capacidade de contração dos músculos, produção de anticorpos e construção de novos tecidos.

Dieta das proteínas: entenda como funciona o famoso método Dukan

De acordo com a nutricionista funcional Andrezza Botelho, a quantidade ideal de proteínas para se consumir por dia varia de acordo com as características e o organismo de cada um; mas, em teoria, vai de 0,8 a 1,2 gramas por quilo que a pessoa pesa. Ou seja, alguém de 60 kg deveria consumir entre 48 e 72 gramas de proteínas por dia. Além disso, como são combinações de aminoácidos, para que a fração ocorra de forma adequada e os nutrientes sejam absorvidos, Andrezza orienta evitar a ingestão de líquidos durante as refeições – o que dilui o suco gástrico – e a mastigar bem os alimentos.

Se ficou interessado em incluir a proteína de uma forma saudável na sua rotina, veja a lista elaborada pela médica nutróloga Ana Luisa Vilela, da clínica Slim Form, com dez alimentos ricos nesta substância e como utilizá-los:

fonte: http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/alimentos-ricos-em-proteinas-conheca-10-deles-e-saiba-como-usa-los-na-sua-dieta.htm

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Anterior
 Peixes (20g de proteína a cada 100g)

Segundo a nutricionista Andrezza Botelho, são ótimos alimentos, sem contraindicações. Mas é melhor optar pelo preparo no forno, cozimento ou na grelha. “Consumir peixes que tenham escamas e barbatanas, como arenque

Peixes (20g de proteína a cada 100g) Segundo a nutricionista Andrezza Botelho, são ótimos alimentos, sem contraindicações. Mas é melhor optar pelo preparo no forno, cozimento ou na grelha. “Consumir peixes que tenham escamas e barbatanas, como arenque

 Camarão (24g de proteína a cada 100g)

O camarão é rico em proteínas, mas não deve ser consumido diariamente, porque tem colesterol mais alto do que em outras opções, como alguns peixes. Por outro lado, possui ômega 3 (gordura boa). É recomendado comer

Camarão (24g de proteína a cada 100g) O camarão é rico em proteínas, mas não deve ser consumido diariamente, porque tem colesterol mais alto do que em outras opções, como alguns peixes. Por outro lado, possui ômega 3 (gordura boa). É recomendado comer

 Carne Vermelha (21g de proteína a cada 100g)

“As melhores fontes proteicas são de origem animal”, ensina Andrezza. Quando se diz isso, é fácil lembrar da carne vermelha. No entanto, ela também é rica em gorduras saturadas. Prefira as opções magras e s

Carne Vermelha (21g de proteína a cada 100g) “As melhores fontes proteicas são de origem animal”, ensina Andrezza. Quando se diz isso, é fácil lembrar da carne vermelha. No entanto, ela também é rica em gorduras saturadas. Prefira as opções magras e s

 Frango (23g de proteína a cada 100g)

Para que se torne ainda mais saudável, a nutróloga Ana Luisa orienta a dar preferência ao consumo sem pele e, em especial, ao peito, para evitar a ingestão exagerada de gordura. Os melhores modos de preparo são ass

Frango (23g de proteína a cada 100g) Para que se torne ainda mais saudável, a nutróloga Ana Luisa orienta a dar preferência ao consumo sem pele e, em especial, ao peito, para evitar a ingestão exagerada de gordura. Os melhores modos de preparo são ass

 Leite de vaca (8g de proteína a cada 100g)

O leite e seus derivados, como queijos e iogurtes, ajudam a enriquecer as refeições por serem compostos por três partes praticamente iguais de proteínas, carboidratos e gorduras — tornando os alimentos muito

Leite de vaca (8g de proteína a cada 100g) O leite e seus derivados, como queijos e iogurtes, ajudam a enriquecer as refeições por serem compostos por três partes praticamente iguais de proteínas, carboidratos e gorduras — tornando os alimentos muito

 Ovos (6g por unidade)

Os ovos também são ricos em vitamina B12, necessária para promover a redução dos níveis de gordura e auxiliar na formação de músculos, em colina (substância excelente para o bom funcionamento do cérebro) e em albumina. Prefira o

Ovos (6g por unidade) Os ovos também são ricos em vitamina B12, necessária para promover a redução dos níveis de gordura e auxiliar na formação de músculos, em colina (substância excelente para o bom funcionamento do cérebro) e em albumina. Prefira o

 Salmão (21,62g de proteína a cada 100g)

“Para os adeptos de atividades físicas extenuantes, como a musculação, o salmão assume uma importância ainda maior, por proporcionar uma recuperação muscular mais rápida, graças à quantidade de ômega 3 que conté

Salmão (21,62g de proteína a cada 100g) “Para os adeptos de atividades físicas extenuantes, como a musculação, o salmão assume uma importância ainda maior, por proporcionar uma recuperação muscular mais rápida, graças à quantidade de ômega 3 que conté

 Soja (34g de proteína a cada 100g)

A soja é uma importante proteína vegetal, mas é preciso ficar atento à intolerância a ela. Andrezza explica que, como a maior parte da produção é transgênica, a maioria das pessoas ainda não está acostumada com a dig

Soja (34g de proteína a cada 100g) A soja é uma importante proteína vegetal, mas é preciso ficar atento à intolerância a ela. Andrezza explica que, como a maior parte da produção é transgênica, a maioria das pessoas ainda não está acostumada com a dig

 Tofu (8,1 g de proteína a cada 100g)

Ele pode ser adicionado à dieta in natura, cozido ou refogado sem alterar suas propriedades nutricionais. Mas a médica recomenda a escolher apenas uma porção de alimento à base de soja para consumir diariamente: um

Tofu (8,1 g de proteína a cada 100g) Ele pode ser adicionado à dieta in natura, cozido ou refogado sem alterar suas propriedades nutricionais. Mas a médica recomenda a escolher apenas uma porção de alimento à base de soja para consumir diariamente: um

 Amêndoa (21,1g de proteínas a cada 100g)

“A proteína tem uma característica muito importante: ela dá saciedade. Por isso, quando a gente consegue botar um pouco mais de proteína na alimentação, demora a sentir fome”, diz Andrezza Botelho. Ana Luisa su

Amêndoa (21,1g de proteínas a cada 100g) “A proteína tem uma característica muito importante: ela dá saciedade. Por isso, quando a gente consegue botar um pouco mais de proteína na alimentação, demora a sentir fome”, diz Andrezza Botelho. Ana Luisa su

Próximo
Comentários
 Não Existem Mensagens

Deixe um Comentário

Para enviar uma mensagem, você precisa estar cadastrado

Faça o . Ainda não é membro? Cadastre-se

As mensagens serão liberadas em alguns instantes, após revisão de nossos editores.